Acesse sua Conta
Agroindústria familiar: “Apostamos nas riquezas das terras”
Sucessão familiar, empreendedorismo e dedicação: essa é a história da família Hanauer de Vista Alegre
0 Visualições
Publicado em 21/05/2019 as 14H:26 - Atualizado em 21/05/2019 as 14H:32

 

“Não se faz dinheiro somente com a força dos nossos braços, é preciso planejamento e organização” foi com essa frase que Osmildo Hanauer nos recebeu em sua propriedade na comunidade de São Judas, em Vista Alegre. Ele e Terezinha são casados há 24 anos e possuem dois filhos: Lucas de 19 anos e Eduardo, 15.

Pensando no futuro dos filhos, decidiram há cerca de três anos, apostar em uma nova atividade – mandiocas. “Plantávamos fumo, feijão e milho. Mas quanto mais trabalhávamos, menos tínhamos, isso desanima. Todo mundo quer crescer, ir bem nos negócios. Nos preocupamos em deixar um legado para os nossos filhos, então, o nosso filho Lucas deu a ideia de visitar uma agroindústria de mandiocas em Rodeio Bonito. E foi assim que procuramos a Emater e o Sicredi, que nos ajudaram a tirar os nossos sonhos do papel,” conta Osmildo.

Há 20 anos a família é associada da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG e quando surgiu essa oportunidade, logo procuraram a agência. “Para nós o Sicredi é a principal escolha, temos muito a agradecer por tudo que fazem. O atendimento, o carinho que nos tratam, a agilidade, é muito bom”, afirma Terezinha.

Com o apoio da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, há três meses o sonho de ter uma agroindústria legalizada se tornou realidade. “Comer é uma necessidade, então, apostamos na riqueza das nossas terras e hoje já temos 30 mil pés de mandioca plantados. O trabalho é todo manual, nós quatro nos envolvemos com todo o preparo, é muito bom ter os filhos trabalhando conosco. Nossa, ver que tudo isso vai ficar para eles, que já está tudo encaminhado para que eles tenham cada vez mais sucesso,” se emociona a matriarca ao falar dos filhos.

Lucas idealizou, junto com o pai, todos os processos da agroindústria, desde a confecção do rótulo, até a expansão para os Municípios vizinhos. “Estamos conseguindo colocar nosso produto em diversos lugares, restaurantes, escolas, peixarias, mercados... Estamos vendendo aqui em Vista Alegre, em Palmitinho, Taquaruçu do Sul e Frederico Westphalen. O que mais nos motiva é perceber que as pessoas gostam do nosso produto,” explica Osmildo.  

E os planos para o futuro? A família é unanime em responder essa pergunta: desejam vida longa a agroindústria Hanauer. “Estamos tão felizes, realizados, que só quero ver meus filhos tocando a agroindústria, que peguem o amor pelo trabalho, porque quando nos dedicamos e colocamos carinho, tudo dá certo,” complementa a mãe Terezinha.

 

Apostamos no desenvolvimento local

 

Assim como a história da família Hanauer, a Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG contribui para que outras famílias possam concretizar seus sonhos e apostar suas atividades econômicas na industrialização de produtos agrícolas.

A Cooperativa é parceira para o desenvolvimento de novas agroindústrias, através das linhas de crédito do BNDES. Temos como exemplos, famílias que apostam suas atividades na produção de salame, copa, derivados de leite (iogurte, queijo, requeijão), pescados (filé de tilápia), processamento de cereais para fabricação de farinha colonial, pão, cuca, bolacha, pastel, processamento e beneficiamento de cana-de-açúcar (cachaça, melado, açúcar mascavo), mel, frutas, hortaliças, vinho, suco de uva e geleias.

- Acompanhar as histórias dos nossos associados e perceber que estamos desempenhando nosso papel enquanto cooperativa, é muito gratificante. Ajudamos a transformar realidades, apostamos nas riquezas dos nossos Municípios e assim, cooperamos para que muitas famílias mudem suas realidades e possam se desenvolver cada vez mais, destaca o assessor de negócios da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, Ronaldo Fagundes.

Para saber mais sobre nosso portfólio de produtos e serviços, procure uma agência Sicredi.

Imagens:

Terça, 21 de Maio de 2019
Comentários: ( )